Arquivos de sites

Documentário – 100 Maiores descobertas da História

Anúncios

Ano Internacional da Química – Nova Tabela Periódica

– Quero ver a galera não gostar de Química agora!

Ano internacional da Química – a Química é pop!

O cientista mais querido da internet, o químico inglês Martyn Poliakoff – aquele que ganhou de presente dos colegas a menor tabela periódica do mundo, impressa em um dos fios de sua vasta cabeleira –, acabou de receber o prêmio Prize for Online Resources in Education, da revista Science, em reconhecimento ao seu trabalho de divulgação científica na internet.

O professor Poliakoff e sua equipe, formada pelo jornalista Brady Haran  e mais sete químicos da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, mantêm desde 2008 o projeto The Periodic Table Videos, uma página da internet em que disponibilizam divertidos vídeos sobre cada elemento da tabela periódica.

A ideia do projeto surgiu quando Haran, que já fazia vídeos sobre química, conheceu Poliakoff. “Eu sempre tive fascinação pela tabela periódica e, quando fui apresentado ao professor, logo vi que era uma oportunidade perfeita para começar algum projeto nesse sentido, pois ele tem uma aparência muito boa, fala muito bem e gosta do contato com o público”, conta o jornalista.

O enorme alcance que esse trabalho de divulgação científica atingiu rendeu ao professor sua recente nomeação ao cargo de secretário de relações internacionais daRoyal Society de Londres (Inglaterra), a mais antiga e tradicional instituição científica do mundo.

Poliakoff avisa que o novo trabalho não vai impedir que o projeto com os vídeos continue. “Acredito que a popularização da ciência é um dever fundamental de todo cientista”, afirma. “Vamos continuar com o nosso objetivo, que é mostrar por que achamos a química estimulante e por que o público também deveria se interessar por ela.”

Pra quê Lab se nós temos Simulações?

Bom dia seres bariônicos, como vão?
Sim, nós sempre precisaremos de laboratórios para desenvolver a Ciência, e se quisermos trabalhar com experimentos na escola nós também precisaremos de um laboratório equipado. Mas na falta de um desses, nós podemos recorrer às simulações. Essa abaixo é sobre a construção de um átomo, é interessante ver como a estabilidade do átomo depende do número de prótons, elétrons e neutrons. Divirtam-se!

Pagando a língua.

Na época em que eu estava no Ensino médio (não faz tanto tempo assim) a minha professora de química explicou, durante uma aula sobre modelos atômicos, que não era possível ver um átomo por ser algo tão pequeno, tão infinitesimal, que não seria possível ver um átomo através de um microscópio ou algo semelhante. Durante a graduação, nas aulas de Química Geral e em outros bate papos, essa afirmação continuava sendo verdadeira, mas já se falava que, talvez um dia, seria possível se ver um átomo com os avanços tecnológicos que estariam por vir.

Pra mim, esses avanços ocorreriam sim, mas não pensei que ainda seria jovem para ver tal avanço. Bom, uma notícia divulgada no site http://www.inovacaotecnologica.com.br mostra a foto de um átomo de Rubídio que cientistas na Nova Zelândia conseguiram. UMA FOTO!!!!! Durma com essa Bohr, os caras conseguiram a foto de um átomo neutro de rubídio através de uma técnica de resfriamento a laser e pinças ópticas os cientistas conseguiram diminuir a agitação do átomo e isolá-lo. abaixo segue a foto do átomo.

Foto do átomo de Rubídio conseguida por cientistas da Nova Zelândia.

O interessante é que essa foto se encaixa com o modelo atômico de Erwin Schrödinger, onde a Densidade de Probabilidade da posição do elétron ao redor do núcleo é representado como uma espécie de nuvem ao redor do núcleo. Dependendo do nível de energia, essa nuvem toma formas diferenciadas. Abaixo seguem alguns esquemas do modelo de Schrödinger. Comparem a foto acima com o primeiro desenho

Funções de onda para o átomo de Hidrogênio, resultado da equação de Schröndiger

%d bloggers like this: