Hubble capta imagem rara de morte de estrela

Hubble capta imagem rara de morte de estrela

O telescópio espacial Hubble flagrou o momento da morte de uma estrela, um fenômeno que os astrônomos raramente conseguem ver. A imagem mostra uma estrela, uma gigante vermelha, em seu estágio final vida, no qual ela libera nuvens de gás e poeira para se transformar em uma nebulosa planetária.

O fenômeno acontece a 5 mil anos-luz da Terra, na constelação de Puppis (ou Popa), não afetando nosso planeta.

A imagem mostra a Nebulosa Cabalash também é chamada de Nebulosa do Ovo Podre por conter muito enxofre – quando combinado com outros, o elemento produz um mau cheiro característico, que lembra o de um ovo estragado.

Num piscar de olhos

Os jatos de gás – que aparecem em amarelo – e a poeira cósmica são liberados em direções opostas a uma velocidade de um milhão de quilômetros por hora.

Os astrônomos dificilmente conseguem capturar essa fase da evolução das estrelas porque ela se dá “num piscar de olhos, em termos astronômicos”, segundo a ESA.

O remanescente deverá se tornar uma nebulosa de pleno direito daqui a cerca de mil anos.

Anúncios

Posted on 17 de Fevereiro de 2017, in Uncategorized. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: